HT, 100% Syrah, Tiago Cabaço Wines, Alentejo, 2013

ht_garrafa

Este é, manifestamente, um caso de coragem! Tiago Cabaço é um produtor de vinhos de Estremoz, desde há uma década, tendo agora lançado o seu primeiro monovarietal, e precisamente da casta que nos interessa: Syrah!

Produtor

Fomos surpreendidos, a semana passada, por este lançamento numa cadeia de supermercados – Pingo Doce – que nunca tivera nas suas prateleiras um vinho de monocasta Syrah! Em conversa com o Tiago, este confidenciou-nos que tinha insistido, desde o ano passado, com os responsáveis por estes supermercados na forte possibilidade de haver um público interessado no Syrah. A este nível a aposta foi ganha!

Ao contrário do que algumas pessoas do meio vinícola nos dizem não tenho, de modo algum, a percepção de que o Syrah seja neste momento uma casta apelativa para o consumidor médio português. É verdade que devido às suas qualidades intrínsecas, o consumidor que nunca ouviu falar da casta, apesar de já ter bebido um blend com uma percentagem de Syrah, nomeadamente do Alentejo, quando degusta apropriadamente este néctar consegue aderir a este gosto com algum entusiasmo. Esta é a minha experiência de um ano e meio de investigação e degustação de algumas dezenas de Syrah de Trás-Os-Montes ao Algarve.

Herdade Trocaleite

Mas vamos debruçar-nos um pouco sobre o HT! Em primeiro lugar, o nome: diz-nos o próprio produtor que se trata duma homenagem à Herdade do Trocaleite, onde passou a infância, e onde estão plantadas 6 parcelas de syrah cujo resultado está à vista. Um syrah novíssimo de 2013 com 14% de graduação alcoólica de “cor rubi compacta, com taninos finos mas poderosos e com um final de boca longo e elegante.” Não poderíamos estar mais de acordo. Acrescentemos, unicamente, que tem possibilidade de evoluir com o tempo devido, em garrafa. Lembremo-nos da máxima de Cícero: “Os homens são como os vinhos: a idade azeda os maus e apura os bons”. Daí o nosso conselho: comprar para degustar já e ao mesmo tempo reservar umas quantas garrafas para guardar na garrafeira.

IMG_8547

Já o ano passado, Tiago Cabaço tinha realizado uma experiência com o lançamento de pouco mais de seis mil garrafas que se eclipsaram em poucas semanas. Agora, o HT arranca com trinta e cinco mil garrafas, número nada habitual num syrah no panorama vinícola português. Esta é a segunda aposta que é preciso, também, ganhar!

Sala de Provas

Em todo o texto argumentativo, é nossa opinião que no final deve ser deixado um argumento forte. E este é mesmo muito forte! Trata-se do preço, que se situa abaixo dos quatro euros, quando comprado em supermercado.
É obra, tendo em conta os seus congéneres de mercado e devido à qualidade demonstrada. Quem disse que não é possível comprar um syrah de baixo custo e simultaneamente poderoso?

Classificação: 15/20                            Preço: 3,74€


 

Leave a Reply