Monte Seis Reis, 100% Syrah, Alentejo, 2008

rot

E regressamos ao Alentejo, para dar a conhecer um Syrah de excelsa qualidade!
Seis Reis, de 2008, 100% Syrah, terceira safra com 7000 garrafas das quais 90% vão para o mercado externo como a China, o Luxemburgo, a França, a Suíça e Ontário no Canadá. A primeira safra de 2003, igualmente com 7000 garrafas, e 2004 com 4000 garrafas, fazem a história desde Syrah, dos primeiros que passaram pelo nosso “estreito”.

Vejamos o que nos diz o produtor sobre esta maravilha do Alentejo. Em relação ao aroma: “Boa concentração aromática com frutos pretos maduros e especiarias.” E no paladar: “Sabor intenso, macio e elegante, com taninos robustos e grande persistência final.” O produtor também nos diz que este syrah tem uma “Evolução positiva durante 7 a 10 anos, se conservado em local fresco, escuro e a garrafa deitada.” A verdade verdadinha é que já este ano degustámos o Syrah 2003, portanto a caminho dos 12 anos e a nossa classificação foi de 19 valores! Este Syrah está para durar!

entrada

O monte Seis Reis está localizado em Estremoz, a cerca de 170 Km de Lisboa. Nos 200 hectares da herdade, actualmente encontram-se plantados 50 hectares de vinha sobre dois tipos de solos: argilo-calcários e xistosos, nos quais são produzidas as castas tintas Syrah, Aragonez, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon, Castelão, Trincadeira Preta, Touriga Nacional; e as castas brancas Arinto, Antão Vaz, Viognier e Alvarinho. Mais recentemente, foram introduzidas as castas Petit Verdot e Tannat. Toda a área de vinha, bem como a restante exploração agrícola, é desenvolvida de forma sustentável em produção integrada, respeitando os recursos naturais da região e a natureza envolvente.

O Monte Seis Reis iniciou a sua produção em 2003 e desde então tem alcançado vários reconhecimentos e prémios. É um espaço onde existe uma aposta notória tanto na qualidade dos vinhos como no enoturismo, visando criar uma ligação mais estreita entre o produtor e o consumidor. A adega está aberta todos os dias, para visitas guiadas e degustação dos vinhos. O nome da adega, bem como o nome dos vinhos, nasce da vontade de interligar o vinho à história de Estremoz, uma cidade que remonta ao século XIII e de onde se destacaram cinco Reis e uma Rainha.

100_3022

Em conversa com o enólogo, João Pedro Cardoso, ficamos a saber que o facto de não haver Syrah todos os anos, ao contrário de outros produtores, se deve a um único motivo: a preservação da qualidade. Se o Syrah dum determinado ano não tem a qualidade já presente nos anos anteriores, então esse Syrah vai para blend.
E já agora uma amigável pedido, que aqui os escribas agradeceriam: que a presença na Internet do Monte Seis Reis deixe de uma vez por todas de ser uma Página em Construção!

E assim chegamos ao momento presente. O próximo Syrah, provavelmente com o ano de 2011, sairá em Março ou em Setembro de 2015, e estão previstas 10000 garrafas. Dos 50 hectares de vinha só 4 são dedicados ao Syrah mas são 4 hectares preciosos! Sobre a próxima safra diz-nos o enólogo que “Está mais guloso” e nós começamos a salivar… e recordamos ao mesmo tempo uma anedota sobre a escolha do velho alentejano que adaptamos ao nosso tema e que diz assim:

Um velho alentejano começou a ter umas maleitas, que lhe afectavam o andar. Preocupado, foi ao Centro de Saúde e marcou uma consulta.
O clínico recebeu-o, auscultou, fez-lhe perguntas.
Olhou para ele fixamente, e inquiriu-o:
– Sr. Zé, se pudesse escolher, preferia ter Parkinson ou Alzheimer? 
-Parkinson, Sr. Doutor! Prefiro entornar metade do copo do que esquecer onde está a garrafa de Syrah!…

Fabuloso!

 

Classificação: 18/20                            Preço: 10,17€

rot_tr


 

One thought on “Monte Seis Reis, 100% Syrah, Alentejo, 2008

Leave a Reply