Syrah da Peceguina, Herdade da Malhadinha Nova, 100% Syrah, Alentejo, 2010

20889

Voltamos ao Alentejo para apresentar um Syrah de excepção!

O Syrah da Herdade da Malhadinha Nova, em Albernoa, que possui 27 hectares de vinha. Um syrah poderoso! 100% como convém! Teor alcoólico de 15,5%.

Foram feitas 6195 garrafas de 0,75l e 100 garrafas de 1,5l.

Em conversa com o enólogo da casa, Nuno Gonzalez, ficamos a saber que esta safra é somente a segunda que a Herdade da Malhadinha Nova fez de monocasta syrah. A primeira é de ano anterior, 2009, e tratou-se de um lote muito pequeno de 2123 garrafas, que foi todo adquirido por um restaurante de Lisboa. Alguém saberá qual é?

O Syrah foi envelhecido em barrica. As uvas foram colhidas manualmente para caixas de 12 Kg e seleccionadas na mesa de escolha. A fermentação ocorreu em lagar a temperatura controlada com várias pisas durante todo o processo. Estágio de 18 meses, e não de 12 meses como diz na ficha técnica, em barricas novas de carvalho francês. Na ficha é dito, e nós confirmamos, que “espere pois no seu copo um vinho impetuoso, viril e carnudo, que nos deleita com o seu fruto maduro e que impressiona pelo seu corpo.” Também é dito que poderá ser guardado nas condições adequadas durante os próximos 10 anos!

A Malhadinha Nova é uma típica herdade familiar alentejana, situada em Albernoa, no coração do Baixo Alentejo. Desde 1998, a paixão e empenho da família levaram à transformação de terras havia muito abandonadas em solos capazes de dar vida a produtos genuinamente alentejanos e de elevada qualidade, dedicando-se à produção de vinhos e à criação de animais de raça autóctones em total harmonia com a Natureza e rigoroso regime de protecção com denominação de origem protegida.

mal_1

As perfeitas condições climáticas do Alentejo para este tipo de actividade, os solos xistosos, as suaves encostas bem drenadas da propriedade e as castas criteriosamente selecionadas (Touriga Nacional, Aragonêz, Trincadeira, Alicante Bouschet, Syrah, Cabernet Sauvignon, Tinta Miúda para os tintos e Arinto, Roupeiro, Antão Vaz, Chardonnay, Alvarinho, Verdelho e Viognier para os brancos) formam o terroir da Malhadinha Nova, com condições únicas para a produção de vinhos de grande qualidade.

mal_2

A Adega da Malhadinha Nova, tradicional mas sofisticada, reúne um conjunto de características muito favoráveis à obtenção de vinhos distintos. Situada a escassos metros da vinha, a adega aproveita a inclinação do terreno, permitindo que todo o processo de vinificação se faça por gravidade. Como já referido, a uva é recebida em pequenas caixas de 12kg e descarregada directamente para os modernos lagares refrigerados, onde a pisa a pé conjuga na perfeição métodos tradicionais de vinificação e utilização de tecnologia por forma a obter da uva todo o potencial que a Natureza lhe deu na vinha. A cave de barricas, escavada na encosta a vários metros de profundidade, confere ao vinho excelentes condições para o envelhecimento.

A vinificação ocorre de forma tradicional em lagares, graças à estrutura da adega em vários níveis, todo o processo é feito por gravidade, evitando a utilização de bombas susceptíveis de retirar muita da qualidade pretendida.

mal_3

Tudo serve para em resumo dizer que estamos em presença de um syrah que merece toda a nossa consideração e apreço na degustação, embora neste momento, como nos confidenciou Nuno Gonzalez, não esteja garantida, com a certeza que o Blogue do Syrah desejaria, uma próxima safra. Só daqui a mais alguns meses é que essa decisão será tomada e nessa altura tudo poderá acontecer. Cá estaremos para dar a notícia em primeira mão!

Caro leitor, se conseguir arranjar o Syrah da Peceguina 2010, lembre-se da frase de Alexander Fleming: “A penicilina cura os homens, mas é o syrah que os torna felizes!”

Este Syrah é um óptimo exemplo de que isto é verdade!

Classificação: 18/20                                              Preço: 26,00€

 

ft


 

Leave a Reply