Quinta do Gradil, Sociedade Vitivinícola, SA, 100% Syrah, Lisboa, 2012

garrafa

A Quinta do Gradil, que fica no concelho de Cadaval, tem um Syrah que apenas foi produzido uma única vez, em 2012, e em circunstâncias muito especiais. Dizia Aquilino Ribeiro que “o pior crime é produzir maus vinhos e servi-los aos amigos”. Não podíamos estar mais de acordo. Não só porque é verdade mas também porque foi dito por um grande romancista que provavelmente não ganhou o Nobel da Literatura, nos anos 60, antes de Saramago, porque as condições políticas na época não eram propícias a tais desígnios.

Vem isto a propósito do seguinte: desde 2010 que a Quinta do Gradil organiza uma Festa de Vindimas singular, na companhia de convidados especiais, amigos, clientes e parceiros institucionais. Miúdos e graúdos passam momentos divertidos a colher as uvas, que darão depois origem a um vinho especial de edição limitada. Nas horas de mais calor, os mais pequenos ficam resguardados e entretidos com brincadeiras e pinturas. Daqui nasce uma tela alusiva à temática das vindimas, que será replicada no rótulo do vinho de edição limitada. Este é um produto diferente, singular, uma edição limitada a 1000 garrafas, resultado da vindima feita pelos adultos e das telas pintadas pelas mãos dos mais novos, que será oferecida aos convidados do ano seguinte. A seguir ao trabalho “árduo” de todos, segue-se um almoço descontraído e várias horas de festa, em pleno convívio. Boa comida, bom Syrah, muita música e, acima de tudo, muita animação! No final da festa, todos os convidados recebem como oferta uma garrafa do vinho de edição limitada, elaborada pelos convidados do ano anterior.

No ano de 2012 foi a vez do Syrah que apresentamos aqui, e cujas uvas foram vindimadas a 15 de Setembro de 2012 nesta festa de amigos. Diz-nos o produtor que “a casta mostra-se muito expressiva, com fruta vermelha bem madura e compotas, num conjunto enriquecido pelas notas de chocolate e eucalipto. Macio e volumoso, com uma acidez que lhe confere vivacidade, e um final prolongado e muito harmonioso.” Apresenta uma graduação alcoólica de 14,5%.

adega

E agora a história que se impõe!
A Quinta do Gradil, considerada das mais antigas, senão a mais antiga, herdade do Concelho do Cadaval, tem marcas históricas seculares e constitui um marco arquitectónico significativo. As mais antigas referências documentais encontradas sobre a Quinta do Gradil remontam ao final do século XV, num documento Régio. Em de 14 de Fevereiro de 1492, data do documento, D. Martinho de Noronha recebeu de D. João II a carta de doação da jurisdição e rendas do Concelho do Cadaval e da Quinta do Gradil. Por ocasião da ascensão de D. Manuel I ao trono português, e a sua actuação a favor dos membros da Casa de Bragança, a Quinta do Gradil torna a ser referenciada na confirmação de doação concedida por D. Manuel I a D. Álvaro de Bragança, irmão mais novo do 3º Duque de Bragança, D. Fernando II, que, acusado de traição, foi mandado degolar por D. João II, em 1483.

A Quinta terá sido adquirida pelo Marquês de Pombal, por ocasião do movimento que a partir de 1760 levou à ocupação de terras municipais, admitindo-se que já na altura contasse com o cultivo de vinha, factor que terá sido decisivo para o estadista que criou a Companhia das Vinhas do Alto Douro. Manteve-se na pertença da família até meados do século XX, quando foi comprada por Sampaio de Oliveira. Já nos finais dos anos 90, o actual proprietário, Luís Vieira, adquire a herdade.

vinha

Nos 120 hectares de vinha encontram-se plantadas variadíssimas castas brancas e tintas. Sauvignon Blanc, Arinto, Viosinho, Viognier, Chardonnay, Petit Manseng, Cabernet Sauvignon, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tannat, Petit Verdot e claro, Syrah, são alguns exemplos. Esta rica paisagem de vinha é da responsabilidade do Engº. Bento Rogado.
Todas estas uvas são vinificadas na adega da quinta, coordenada pelo Eng.º Pedro Martins, sob a batuta atenta dos enólogos Vera Moreira e António Ventura.

Acabamos como começámos.
Apesar deste Syrah ser apresentado como o resultado duma “brincadeira” entre amigos, o que temos entre mãos é sério e forte. Quando estiverem rodeados de amigos e quiserem apresentar um Syrah que não os decepcione, têm aqui uma boa opção!

Classificação: 16/20                                              Preço: 11,50€

ft


 

2 thoughts on “Quinta do Gradil, Sociedade Vitivinícola, SA, 100% Syrah, Lisboa, 2012

  1. Caro Rui Ferreira,

    o Quinta do Gradil syrah 2012 que obteve a classificação de 16 pode ser adquirido na garrafeira Estado d`Alma.
    No entanto o Quinta do Gradil syrah 2013 obteve a classificação de 17 e pode ser adquirido na mesma garrafeira de Alcântara a 7 euros!
    Até pode adquirir os dois e depois dizer-nos se concorda o a classificação do Blogue do Syrah…

    Um abraço!…

Leave a Reply