Arruda dos Vinhos, Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos, 100% Syrah, Lisboa, 2009

arruda_garrafa

A Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos, hoje em destaque, fez uma única safra de monocasta Syrah, no ano de 2009, que se encontra já esgotada. Ao Blogue do Syrah foi muito gentilmente cedida pelo produtor uma garrafa, quando soube que não conhecíamos o seu Syrah. Ficámos muito agradecidos.

A fermentação deu-se em cuba de inox com sistema de pisa automático e controlo de temperatura de fermentação. Estagiou durante 5 meses em barricas de carvalho francês e carvalho americano e 2 meses em garrafa na cave. As notas de prova dizem que tem uma “cor granada intensa e aroma a frutos vermelhos, sendo na boca equilibrado e suave devido à excelência da qualidade da casta.”

Começado o embate, imediatamente entrámos em discordância com o supra dito, não podemos deixar de o afirmar. Nem a cor granada é intensa, nem nos parece ser equilibrado e suave. A excelência da casta não se discute, tal como a pátria ou a autoridade, mas é preciso saber urdir com sabedoria as suas subtilezas. Foi safra única e francamente não vai deixar saudades. Em nosso parecer é preferível a Adega de Arruda dos Vinhos utilizar a uva Syrah para fazer os famosos blends de agrado geral, como aliás tem feito desde essa altura. Ou então que parta de novo para uma aventura Syrahniana, mas com um espírito completamente diferente, de modo a conseguir alcançar novos de subtileza. Cá estaremos para o avaliar, se for o caso.

arruda_herdade

A Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos foi fundada em 1954, numa altura em que se assistiu em Portugal ao aparecimento de muitas adegas que foram criadas como ferramentas imprescindíveis para garantir o escoamento da uva, a qualidade do vinho e a estabilidade do preço conseguido pelos produtores das várias regiões. Foram 25 os produtores agricultores que, na altura, se resolveram organizar, levando a cabo a constituição da Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos.

Em Arruda dos Vinhos a qualidade da produção vitivinícola foi, desde sempre, uma imagem de marca da região. Quando a Adega é criada, agregando vários produtores da região, torna-se no maior produtor de vinho de Arruda, realidade, aliás, que se mantém até hoje.

arruda_vinha

Actualmente a Adega de Arruda tem cerca de 300 associados ativos e uma área de vinha com várias centenas de hectares. Destas vinhas, predominantemente implantadas em terrenos argilo-calcários, provêm os melhores vinhos da região. As instalações ocupam uma área total de mais ou menos 32 mil m2, sendo 4.760 m2 de área coberta, onde se encontram os serviços administrativos, os laboratórios, as linhas de engarrafamento, os armazéns de material subsidiário, matéria-prima e material acabado, bem como a loja da Adega de Arruda.

arruda_adega

A Adega dispõe de todo o equipamento de recepção das uvas, vinificação, estabilização e armazenagem e possui uma capacidade de engarrafamento que permite dar resposta aos compromissos comerciais e expectativas de mercado, bem como cumprir os requisitos exigidos pelas normas de Higiene e Segurança Alimentar.

O escritor romântico Stendhal, que nos deixou para ler eternamente A Cartuxa de Parma e o O Vermelho e o Negro, escreveu:
“Os homens que encontro nas estradas, perto de Dijon, são pequenos, secos, alegres, coloridos, é claro que o bom vinho governa todas esses temperamentos”

Quando o vinho não é bom… subentenda-se o restante que por hoje terminámos!

 

Classificação: 14/20                                                    Preço: 4,80€


 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.