Daily Archives: 07/06/2017

Tágide, Quinta da Barreira, 100% Syrah, Lisboa, 2015

As tágides são ninfas do rio Tejo a quem Camões pede inspiração para compor a sua obra Os Lusíadas.

E vós, Tágides minhas, pois criado
Tendes em mi um novo engenho ardente,
Se sempre em verso humilde celebrado
Foi de mi vosso rio alegremente,
Dai-me agora um som alto e sublimado,
Um estilo grandíloco e corrente,
Por que de vossas águas Febo ordene
Que não tenham enveja às de Hipocrene.

São uma adaptação das Nereidas da mitologia greco-romana, as ninfas que vivem nos mares e nos rios. Estas habitam no rio Tejo, que desagua em Lisboa. A palavra foi criada por André de Resende, numa anotação ao seu poema Vicentius de 1545. O poema sobre a morte de D. Beatriz de Sabóia, em que André de Resende teria usado pela primeira vez o vocábulo Tágides, perdeu-se ou desconhece-se o seu paradeiro.

E agora, Tágide é também nome de Syrah, para nosso gáudio humildemente celebrado, e é produzido na Quinta da Barreira, situada no concelho de Torres Vedras. Possui uma área de vinha com cerca de 4ha, sendo nos arredores da Quinta que o produtor adquire o precioso fruto para a elaboração dos seus vinhos. José Gaspar é o proprietário da quinta e foi em tempos professor de Viticultura no Instituto Superior de Agronomia. Logo achou por bem, e nós apoiamos, produzir este monocasta Syrah que sai com o ano de 2015!

Situada num vale, a Quinta da Barreira tem uma adega tradicional edificada no final do século XIX. Nessa altura estava repleta de toneis de madeira, onde eram estagiados os vinhos nela produzidos. No decorrer dos anos 50 os toneis de madeira deram lugar aos depósitos de cimento, que ainda hoje são utilizados. Foi em 1954 que a quinta passou a pertencer à família dos actuais proprietários, data a partir da qual se começaram a engarrafar alguns dos vinhos que ainda hoje fazem parte do portefólio da quinta.

Este Tágide Syrah tem, segundo as indicações do produtor, um “aroma complexo e intenso, ressaltando a fruta que o originou. Com cor rubi com prova harmoniosa e bem balanceada entre o corpo e a estrutura.” Tem 13,5% de graduação alcoólica. O enólogo é o próprio produtor, José Gaspar.

A nossa citação para hoje é do humorista Luís Fernando Veríssimo:
“ Beba Syrah para o espírito e para a boa digestão. Beba Syrah na festa e beba Syrah na solidão. Beba Syrah por cultura ou por educação. Beba Syrah porque… Bem, você encontrará uma razão.”

 

Classificação: 16/20                                           Preço: 2,54€