Cabo da Roca, Casca Wines, Reserva,100% Syrah, Lisboa, 2015

O mais recente Syrah que apareceu no mercado é de Lisboa e do ano de 2015!
A empresa que o produziu é a Casca Wines, que se apresenta como sendo um projecto de enólogos que decidiram criar uma marca de vinhos portugueses de qualidade. Um projecto que apenas utiliza as melhores uvas de cada região e que procura reavivar as tradições únicas de Portugal. A ideia não deixa de ser emocionante. Os enólogos são Frederico Gomes e Hélder Cunha, que já foram chamados de “olheiros da vinha” e também a Casca Wines como o projecto dos sem-terra. Gostámos do conceito e também porque envolve Syrah!

O Syrah tem um estágio médio de doze meses, em madeira de carvalho francês e na prova fala-se de “notas de fruta vermelha e especiarias. Na boca é encorpado e tem um final longo.” Tem uma graduação alcoólica de 13,5%, e foram feitas treze mil garrafas. Estamos perante a primeira colheita deste Syrah!

Agora uma pequena explicação sobre o nome deste Syrah. O Cabo da Roca é o ponto mais ocidental da Europa continental. Como diz Luís de Camões é “Onde a terra se acaba e o mar começa.” A história de Portugal teve sempre ligação ao Oceano Atlântico e à época dos “Descobrimentos” que foi marcante para o mundo. A marca Cabo da Roca simboliza o espírito de redescoberta das regiões vitícolas de Portugal.

Este projecto, que começou na singular região de Colares, não tem vinhas nem adega própria. Os dois enólogos vão fazendo um trabalho de exploração pelo país até encontrarem as vinhas que mais lhes convêm para produzirem os vinhos que ambicionam. A escolha das vinhas, está relacionada com vários critérios, mas o mais importante é que o carácter da região seja espelhado no vinho que dali sair. Nem sempre é possível, por variadas razões, manter as mesmas vinhas de colheita para colheita, pelo que diversidade é coisa que não falta nos seus vinhos.

Salvador Dali escreveu :
«O que sabe saborear não bebe demasiado Syrah, mas desfruta dos seus suaves segredos…!»
Em relação ao Syrah Cabo da Roca, Reserva, 2015, não é necessário beber demasiado para perceber imediatamente as suas qualidades e os seus segredos!

 

Classificação: 16/20                                                            Preço: 10,00€

Leave a Reply