Quinta de S. João, Pinhal da Torre, 100% Syrah, Tejo, 2008

Hoje apresentamos uma revisitação a este Syrah, pois está cada vez melhor.
A empresa de vinhos Pinhal da Torre, situada em Alpiarça, em plena região do Tejo, produz Syrah desde o início do século!
O Syrah que produziu ao longo de todo este tempo já teve três designações. Inicialmente chamava-se Quinta do Alqueve, para de seguida passar para o designativo de Quinta de São João e finalmente chamar-se Pinhal da Torre!
Hoje vamos falar do Syrah de 2008 da Quinta de São João. Aqui foi apresentado o Syrah do ano de 2007!

O Syrah da Quinta de S. João “apresenta uma cor granada, fruta ligeiramente mentolada, baunilha, cacau tostado, especiarias, tenso e complexo, muito afinado com taninos redondos, boa acidez e macio, encorpado e final longo.” O vinho é vinificado pelo processo tradicional de curtimenta, com ligeira maceração, tendo estagiado em barricas de carvalho francês, não tendo sido filtrado.O teor de álcool é de 14,5% . Este Syrah, com dez anos de idade, apresenta ainda uma capacidade enorme de evolução. O produtor fala num total de quinze anos. Acreditamos que pode ser bem mais!

A Quinta de São João tem uma área de 22 hectares dos quais 19 são de vinha. Nela ficam localizados os escritórios, a Adega, onde são produzidos todos os vinhos, e a sala de barricas, inaugurada em 1947. A Quinta do Alqueve tem uma área de 36 hectares de vinha e um Chalet do início do século passado, que actualmente se encontra em reconstrução.
Nestas quintas estão plantadas as seguintes castas: Castas Brancas – Fernão Pires, Chardonnay, Arinto e Viognier, Castas Tintas – Touriga Nacional, Tinta Roriz, Trincadeira, Castelão, Cabernet Sauvignon, Merlot, Touriga Franca, Alicante Bouschet, Tinta Francisca, Souzão e naturalmente o nosso Syrah.

Desde a selecção das uvas, na vinha e na adega, e do método de vindima, que é totalmente manual, à poda em verde ou a hora da colheita das uvas, que ocorre somente nas horas mais amenas, para evitar que o calor afecte a qualidade das fermentações, todo o processo de produção é meticulosamente respeitado para poder proporcionar vinhos com sabor diferenciado e qualidade elevada. A adega dispõe de 4 lagares para pisa a pé, 7 cubas, tipo argelinas, únicas em Portugal pela sua arquitectura, cubas de fermentação para tintos e para brancos, todas com controlo de temperatura, duas salas para estágio em barricas e duas para estágio de garrafas, assim como uma linha de engarrafamento, rotulagem e embalagem. Possui, ainda, um pequeno Museu Rural, alusivo ao vinho e à vinha, e uma sala de provas. Toda esta infra-estrutura assenta numa área de 4000m2.

A escritora francesa Sidonie Colette escreveu:
“Convém tratar a amizade como os vinhos, desconfiando das misturas.”
Este Syrah a 100% não tem misturas e está cada vez mais espectacular!

 

Classificação: 19/20                                                      Preço: 9,90€

Leave a Reply