Pisar as Uvas

Pisar as uvas com os pés para obter o mosto é  uma tradição milenar que remonta aos tempos antigos. Posteriormente, inicia-se o processo de fermentação para a obtenção do vinho. Actualmente, a maioria dos produtores trocou este método tradicional por prensas automáticas.

A pisa a pé faz diferença?

Os especialistas dizem que sim! A pisa a pé permite uma maior extracção de cor e aromas dado que o acto de espremer as uvas é mais intenso e demorado, aumentando o contacto das cascas com o mosto. São as cascas que vão trazer aromas, estrutura e cor ao vinho. Na pisa a pé, o esmagamento dura várias horas, em contraste com os minutos que demora numa prensa automática. Nesta, elementos indesejados como as sementes são quebrados dando uma amargura e um aroma herbáceo ao vinho. Reconhece-se que vinhos produzidos com recurso à pisa a pé mostram intensidade aromática e mais carácter.

O enoturismo tem trazido um novo interesse por esta tradição, que mantém viva a prática!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.