Daily Archives: 20/06/2018

Monte da Colónia Rosé, Monte da Colónia, 100% Syrah, Alentejo, 2015

Esta é a segunda vez que apresentamos este rosé do alentejano Monte da Colónia. A primeira vez foi aqui e do ano de 2013!

O tinto é bem melhor que o rosé, mas essa é a nossa opinião em relação a todos os Syrah tintos por oposição aos Syrah rosés! De qualquer das maneiras falamos dele até porque já estamos na Primavera e o Verão vem a passos acelerados!

Esta herdade, com um total de 600 hectares, foi fundada em 1980 pelos pais dos actuais gestores da empresa, que com muita ambição e espírito de equipa decidiram arriscar e erguer uma ideia que  ainda hoje se mantém no mercado. Sediados em Vale de Seda/Fronteira, são essencialmente uma quinta multivalente de cariz familiar mas virada para a inovação em várias área de negócio, tendo como base a produção e transformação de produtos cultivados no próprio local, azeite, azeitonas de conserva e vinhos, bem como a criação de gado bovino e ovino.

A escolha do nome Monte da Colónia está ligado ao nome original da propriedade e sua vocação primeira, sendo usado nos produtos azeite, azeitonas e vinho, como instrumento de marketing do turismo rural e vice-versa. Em 2009 foi aberta uma loja, junto do lagar, da adega e a fábrica de azeitonas de forma a comercializar não só os produtos próprios como também os de outros produtores, procurando sempre produtos diferentes e de qualidade, produtos regionais, gourmet, Dop, biológicos, e ainda dando a possibilidade de quem visita a loja poder usufruir de um ambiente acolhedor, atendimento personalizado, respirar o ar puro do campo e o verde das vinhas.

O nosso Rosé de hoje, feito integralmente de Syrah, apresenta uma graduação de 13%, e dizem os produtores que se trata de um “Vinho fresco com óptima presença aromática, acidez bem integrada e final de boca muito agradável . Ideal para acompanhar entradas frescas, peixes grelhados e mariscos.” Nota-se o cheirinho da nossa casta favorita na sua devida extensão, dadas as características aligeiradas na confecção de um rosé, e dentro do que se considera uma bebida suave e fresca cumpre bem a sua função, embora não cheguemos ao ponto de o considerar um expoente maior na sua categoria. Não iremos desprezar novas safras, sobretudo se vierem um pouco mais apuradas de profundidade rosada.

O escritor francês François Rabelais escreveu:”O vinho alegra o coração do homem. Jamais um homem nobre odiou o vinho.”

Este é um Syrah para beber num belo dia de sol à beira-mar com uma boa companhia e poderá ser o suficiente para alegrarmos o coração!

 

 

Classificação: 15/20                            Preço: 5,95€