Daily Archives: 16/07/2018

QP., Marcolino Sebo, 100% Syrah, Alentejo, 2015

Andamos com ansiedade atrás de novas colheitas de Syrah do ano de 2015 por dois motivos principais: Primeiro porque há várias colheitas que não viram a luz do dia e isso irá acontecer ainda ao longo deste ano de 2018! Segundo, porque como temos dito e redito o ano de 2015 é o melhor do século, até ver, para os Syrah portugueses e naturalmente quando temos conhecimento da saída para o mercado de uma nova colheita deste ano já mítico, não descansamos até conseguirmos a primeira garrafa! Isto vem a propósito de já sabermos que está no mercado uma nova colheita do Syrah Marcolino Sebo da Quinta da Pinheira e do ano de 2015! Lá está o ano mítico a fazer das suas e a explicar a classificação dada a este Syrah que torna esta colheita como a melhor das três! Se calhar, por isso mesmo, temos novos rótulos a embelezar a garrafa deste Syrah de Estremoz!

As notas de prova dizem-nos que se trata dum vinho “de cor vermelha púrpura e aroma complexo de frutos pretos madutos, especiarias, cacau e baunilha. Após um estágio de 6 meses em barricas novas de carvalho francês, sobressai um vinho denso com forte estrutura e taninos suaves, com final de prova prolongado.” Tem uma graduação alcoólica de 15%, tal como as duas colheitas anteriores! O enólogo de serviço é Jorge Santos!

A casa Marcolino Sebo é uma empresa familiar que está ligada à área da viticultura há mais de 30 anos, sendo a sua constituição oficial datada de 1975. Ao longo deste tempo e espaço houve uma dedicação em pleno à viticultura, sendo as uvas entregues na Adega Cooperativa de Borba, mas com o crescente aumento da área de vinha e o sonho do proprietário da empresa – Marcolino Sebo – de produzir o seu próprio vinho surgiu o projecto de criar uma adega própria. Foi no virar do século XX, no ano 2000, que Marcolino Sebo, contando com 130 hectares divididos por sete parcelas de vinha situadas entre Borba e Estremoz, caracterizadas pelos solos argilo-calcários e argilo-xistosos, começou a vinificação das suas uvas, tendo o engarrafamento e comercialização do seu vinho ocorrido no ano de 2001. A área encontra-se dividida por cinco parcelas, entre as quais: a Quinta da Pinheira, Monte da Vaqueira, Monte do Estevalinho, Herdade da Cerca e Herdade do Olival. E é precisamente na Quinta da Pinheira, como já se percebeu, que encontramos este nosso bem amado Syrah, sendo a partir daí que todas as acções são coordenadas. A freguesia é Arcos e o concelho é Estremoz.

De referir ainda que o Syrah da Quinta da Pinheira é exportado para a China com o nome de Infinitae Syrah, nome eloquente de que gostamos, mas ao contrário do que inicialmente chegamos a pensar, trata-se do mesmo Syrah numa outra garrafa e com outro rótulo.

A adega Marcolino Sebo conta com um edifício moderno com traça Alentejana bem marcada, onde se utiliza a tecnologia moderna baseada em métodos tradicionais antigos, onde se produz o vinho. Em termos materiais tem cerca de 60 cubas das mais diversas capacidades, perfazendo uma capacidade total de 1.400.000 litros. Em termos humanos conta com uma vasta equipa de trabalho, desde o trabalho de campo até à comercialização do produto final, passando pela enologia com o apoio do enólogo Jorge Santos. A cave da adega encontra-se semi-soterrada, o que lhe confere uma temperatura ambiente e humidade constantes durante todo o ano e proporcionando um ambiente ideal para o envelhecimento de vinhos.

O poeta grego Alceu de Mitilene do século VI antes de Cristo escrevia: “Não plante outra árvore sem primeiro ter plantado uma videira.” Estamos de acordo e acrescentaríamos: Uma videira da casta Syrah, pois claro! Vamos agora beber mais uma taça deste Syrah que nos vai ficar na memória sem margem para dúvida!

 

Classificação: 18/20                                                                         Preço: 7,49€