Syrah contra Alzheimer

Mais uma vez falamos de terapias associadas ao consumo de Syrah, porque um estudo da Universidade de South Wales, na Austrália, apontou que a doença de Alzheimer pode ser tratada com uma combinação de compostos de polifenois presentes no vinho.

Pesquisas anteriores mostravam que o Resveratrol, um dos componentes do vinho, tinha grande eficácia na prevenção e tratamento desta patologia, contudo, para ter algum efeito, era necessário sintetizar o equivalente a mil garrafas de vinho por cada pílula. Ainda assim, o consumo de Resveratrol em tamanha quantidade tinha efeitos colaterais, como náusea, diarreia e até desidratação.

Os australianos, porém, perceberam que a quantidade de Resveratrol pode ser diminuída e combinada com outros dois compostos do vinho, criando os mesmos benefícios neuroprotectores e minimizando as reacções adversas. Eles planeiam começar em breve o teste em grande grupos de pacientes com Alzheimer para comprovar a eficácia.

Quando a nós vamos já prevenindo a coisa com enormes quantidades de Syrah, tudo com conta, peso e medida!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.