A casta Syrah

uvas_syrah

Esta é a casta que nos apaixona.

Diz a lenda que deve o seu nome à cidade de Shiraz, na antiga Pérsia, actual Irão, onde já era cultivada nos tempos de Cristo. Teria sido portanto um Syrah que ele bebeu na sua última ceia, pois era a única casta existente naqueles tempos naquela região.

As histórias continuam e falam dos cruzados que trouxeram a casta para a Europa, para França, vale do Ródano, em primeiro lugar. Depois espalhou-se pelo mundo, qual diáspora feliz.

Outras versões, mais actuais, dizem que afinal é uma casta nada e criada em França. Fica a possibilidade, muito de levar em conta, já que se baseia em estudos de DNA.

Mas a Portugal chega através da Quinta da Lagoalva de Cima, região do Tejo, cujo primeiro Syrah é de 1994. Ao nosso Alentejo, pelas mãos de um dinamarquês, de forma inicialmente clandestina, só chegou em 1988, surgindo o primeiro Syrah, denominado Incógnito, em 1998. A partir daí o culto foi-se espalhando até outras regiões do país.

A casta é também utilizada em vários vinhos ‘blend‘ onde, aliás, deixa sempre a sua marca inconfundível e pessoal!

6 thoughts on “A casta Syrah

  1. Los felicito por el blog, muy bueno.
    Mi cepa preferida es el Syrah. Soy de Uruguay, por lo que los Syrah que tomo con frecuencia son sudamericanos.
    A mi gusto, syrah argentinos y chilenos, los hay espléndidos.
    En Uruguay, en los últimos años también se están elaborando vinos Syrah. cómo no.
    Pero lo nuestro, en Uruguay, es el tannat… El syrah todavía lo prefiero, en general, argentino.
    Aunque el mes pasado, en Santiago de Chile, estuve catando Syrah del Valle del Colchagua… ¡maravilla!
    Felicitaciones por los vinos alentejanos. Estuve hace poco probando varios. No me ofreció nadie un Syrah… Eso quedó para la próxima! Mi blog: http://micaminodelvino.blogspot.com
    Saludos!

  2. Boa tarde,

    Apenas para avisar que essa explicação do nome da syrah é uma linda lenda que os livros espalharam nos anos 60/80. Desde o final dos anos 90 sabemos que a casta syrah é originária da região Norte do Rhône desde mais ou menos o século XVI. Ela é um cruzamento da casta Dureza originária da região vizinha Ardèche e da casta mondeuse Blanche originária da Savoie. Hoje em dia, essas duas castas quase desapareceram. Sabemos com os estudos e pesquisas que a Dureza é uma neta da casta Pinot Noir, o que faz da Syrah uma bisneta da Pinot Noir. Mas então por qu_e o nome shiraz ? Esse nome vem de um erro de caligrafia quando o ampelografo inglês James Busby chegou na Austrália em 1832 e registrou uma grande quantidade de enxerto de castas que ele tinha recolhido na Europa inteira.

    Abraço,

  3. Já provei o Incógnito e confesso que é um vinho que não faz juz ao seu nome, pois não passa nada despercebido, é realmente um excelente vinho!
    Concerteza um vinho a repetir! Aproveito a oportunidade para agradecer a vossa amabilidade, e terei todo o prazer em degustar o vinho Só Syrah, Quinta da Bacalhôa, 100% Syrah, 2008. Bem hajam 🙂 Rita Veríssimo

Leave a Reply to Raul PC Cancel reply